Edital de Concurso de Estágio de Monitoria (DIREITO) – 2016.2

A Diretora do Centro de Ciências Humanas e Sociais, no uso de suas atribuições como Presidente do Conselho de Centro, faz saber que se encontram abertas as inscrições para a realização do concurso de Estágio de Monitoria

I - Objetivos

Desenvolver atividades que estimulem a iniciação científica através da participação na investigação sistemática conduzida pelos docentes em seus projetos; - Iniciar a produção científica na pesquisa, na elaboração de subsídios teóricos – conceituais e de elementos técnico–metodológicos vinculados às áreas ou núcleos curriculares em uma disciplina ou atividade específica, e - Introduzir o estudante no exercício de docência, em ações de caráter teórico, prático e de extensão comunitária. 

II - Requisitos 

- Estar regularmente matriculado no Curso de Graduação em Direito do CCHS;

- Ter cursado a(s) disciplina(s) ou área(s) temática(s) pretendidas, ou estar cursando, tendo como pré-requisito a obtenção de aprovação até final do semestre em curso. 

Clique aqui e veja o edital completo!

A calmaria - Roberta Montello Amaral

Dizem que depois da tempestade vem a calmaria. Ou será antes?

No mês passado fiz uma análise sobre o que esperar para o curto prazo depois que a continuidade do processo de impeachment foi aprovado pela Câmara dos Deputados. A inflação de março foi extremamente elevada e indicava uma elevação compatível com os meses mais apreensivos dos anos 80 e 90. A expectativa era de elevação da Bolsa de Valores e queda do dólar. O que de fato aconteceu 15 dias depois?

O Ibovespa, índice que mede a variação média das cotações das ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo, na quarta-feira, dia 20 de abril, três dias após a votação da Câmara, havia subido cerca de 1%. Isso equivale a uma taxa anual de quase 160%. Bom, né? Imagina você ter um patrimônio e, doze meses depois, esse patrimônio ser multiplicado por 2,6. Seria o mesmo que aplicar R$ 10 mil e receber R$ 26 mil depois de um ano. Quem apostou na alta deve estar comemorando. Mas essa maré não dura para sempre. Com o ajuste das expectativas e a chegada de novas informações (principalmente a cotação do petróleo), já na sexta-feira, 22 de abril, a Bolsa apresentava queda.

Quanto ao dólar, também em 20 de abril o que vimos foi uma elevação em relação ao dia 15, última cotação antes da votação. Esse comportamento contrariou o esperado, provavelmente influenciado por questões internacionais como a espera por novas informações sobre a política econômica dos Estados Unidos.

Falências e Gestão - Renato Felipe Cobo

A falência de empresas não é nenhuma novidade para quem acompanha o ambiente empresarial. Não é de hoje que o SEBRAE realiza pesquisas sobre o assunto. Há, naturalmente, inúmeros motivos para o fechamento de uma empresa. Não é o propósito aqui enumerá-los, mas sim comentar, com base em um exemplo real, o quanto é complexa a gestão de uma empresa. 

Há um pouco mais de um mês a revista Automotive Business publicou uma reportagem sobre os planos da Marcopolo,uma das maiores fabricantes mundiais de carrocerias de ônibus, de lançar um veículo de pequeno porte para transporte coletivo, o Cinco. Com configurações de 13 a 20 assentos, o Cinco está mais para uma van do que para um ônibus, ou mesmo um micro-ônibus, os dois grandes produtos da empresa. 

Na verdade, o Cinco é um produto inédito para a companhia e, uma vez confirmado, não apenas marcará a entrada do grupo gaúcho em um mercado novo, como também ampliará o leque de produtos do grupo destinados ao transporte de grupos pequenos, fato importante para quem se considera um fabricante de “soluções para o transporte coletivo”, e não apenas um produtor de ônibus. 

Edital de Seleção PICPq - 2016/2017

O PICPq apoia estudantes e docentes dos cursos de graduação e pós-graduação do UNIFESO no desenvolvimento de pesquisas científicas, fundamental para a qualidade dos serviços educacionais e assistencias, e, de forma ampla, para o desenvolvimento da sociedade. A iniciação científica é um diferencial na formação dos nossos estudantes.
 
A Reitoria do Centro Universitário Serra dos Órgãos faz saber aos docentes, discentes e funcionários técnico-administrativos que, em conformidade com o Programa de Iniciação Científica e Pesquisa do Centro Universitário Serra dos Órgãos – PICPq / UNIFESO e através do Plano de Incentivo à Iniciação Científica e a Pesquisa, que estarão abertas as inscrições para seleção de projetos de pesquisa científica e tecnológica, no período 12 à 29 de Maio de 2016. Integram-se ao PICPq/UNIFESO os projetos apoiados em programas externos como: Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica – PIBIC e o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Tecnológica e Inovação – PIBITI do Conselho Nacional de Desenvolvimento Tecnológico e Científico – CNPq; Programa Jovens Talentos – FAPERJ.
 

Um novo olhar uma nova proposta a você: professor - Mônica de Souza Corrêa

Não é possível fazer uma reflexão sobre o que é a educação sem refletir sobre o próprio homem (Paulo Freire)

 

O homem é um sujeito que vive em processo de evolução constante e traz consigo uma série de questionamentos, principalmente aqueles voltados para a “informação” e sua relação com o desenvolvimento.

As Tecnologias Digitais e Midiáticas da Informação e Comunicação (TDMIC) passaram a permitir ao homem imperar sobre a informação, já que esta é parte integrante de qualquer atividade humana, seja ela individual ou coletiva. Nos dias de hoje é impossível pensar em desenvolvimento sem tecnologia, vê-se como exemplo a educação a distância, livros digitais, computadores, caixa eletrônico, correio eletrônico, usamos a tecnologia para nos divertir, fazer amizades, trabalhar, cuidar da saúde, nos comunicar.

E agora, presidente? - ​Roberta Montello Amaral

Sim, presidente! Aprendi na minha infância que presidente era uma palavra que servia a ambos os gêneros, masculino e feminino. Então, seguindo na mesma direção da votação do último domingo na Câmara dos Deputados, contrariando o que gostaria a Sra. Dilma Rousseff, mantenho o meu português em dia e o processo de impeachment segue para apreciação do Senado nesta semana. Mas, como esta se trata de uma coluna de economia, o que devemos esperar para os próximos dias?

Nos últimos meses o que vimos foi um resgate de tempos do passado, quando a inflação e a falta de crescimento afetaram diretamente a sociedade brasileira. Voltamos aos anos 80/90, quando o sonho do milagre econômico da década de 70 desmoronava. Na última segunda-feira, acordamos com a sensação de que, mais uma vez, o sonho de uma sociedade se desmonta.

A inflação medida pelo IPC-FESO, o índice de preços ao consumidor de Teresópolis, no mês de março de 2016 apresentou um acréscimo de 2,67%, o que não só representa uma elevação bastante relevante, como também está bem acima do verificado no bimestre anterior. Este valor foi impactado diretamente pelo acréscimo de alguns produtos que não apresentam sazonalidade, como as massas. Nos últimos 12 meses a variação do IPC-FESO voltou a subir, alcançando 22,27%. Tal comportamento, tenho convicção, é resultado da crise política que vive o país. Diante da disponibilidade de novas notícias ligadas à operação Lava Jato e discussão do impeachment da presidente Dilma Rousseff as incertezas crescem e, já se sabe há muito tempo, incerteza implica, diretamente, em inflação.

Palestra do curso de Direito

O curso de Direito do UNIFESO promove, no dia 29 de abril, a palestra “Feminicídio - Uma análise sociojurídica da violência contra a mulher no Brasil” com a participação da Dra. Adriana Ramos de Mello, Juíza Titular da I Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. Voltada a estudantes, professores e profissionais de Direito e demais interessados a atividade acontece a partir das 19h na Sala do Tribunal do Júri, no sexto andar do prédio Flavio Bortoluzzi de Souza, no Campus Antonio Paulo Capanema de Souza (Alto). Inscrições na coordenação do curso de Direito.

Páginas