Debates - Acordos de Leniência e Contas Municipais:alguns impactos da Lei Anticorrupção

No dia 25 de novembro, das 19h às 22h, na Sala do Tribunal do Júri, no sexto andar do prédio Flavio Bortoluzzi de Souza, acontecem os debates “Acordos de Leniência e Contas Municipais: alguns impactos da Lei Anticorrupção”. Voltada a estudantes, professores e profissionais do Direito; representantes do Observatório Social de Teresópolis; representantes da Sociedade Civil e funcionários públicos do município, a atividade vai contar com os seguintes convidados: Dr. Hugo Leal (Deputado Coautor do Projeto de Lei nº 5.208 de 2016); Dr. Jorge Henrique Muniz da Conceição (Analista de Controle Externo); Dra. Luciene Pereira (Presidente da Associação Nacional dos Auditores de Controle Externo dos Tribunais de Contas do Brasil); e Dra. Aline Teodoro Moura (Advogada). 

 

Fonte: GECOM

O peso da crise - Roberta Montello Amaral

Semana passada eu e os estudantes dos cursos de Administração e Ciências Contábeis do UNIFESO fizemos a apuração da inflação do mês de outubro em Teresópolis, medida pelo IPC-FESO, o Índice de Preços ao Consumidor de Teresópolis. E, ao mostrar os resultados para o nosso coordenador, reparamos que apesar de o indicador global não ter apresentado variações muito significativas, um olhar mais atento revelou um lado bastante perverso dos momentos de crise: os efeitos mais pesados sobre os menos favorecidos. Nos próximos parágrafos vou explicar melhor meu ponto de vista.

 

 
O gráfico 1 mostra a evolução dos últimos 12 meses do IPC-FESO Global. O que se pode perceber é que a inflação medida pelo IPC-FESO, no mês passado, apresentou um decréscimo de 0,28%. Como consequência, o percentual acumulado nos últimos 12 meses da variação do indicador totalizou 16,09%. Este resultado corrobora a prévia da inflação oficial medida pelo IPCA-15 que, segundo o site “O Globo”, perdeu força de setembro para outubro, ao passar de 0,23% para 0,19%, conforme informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse foi o menor IPCA-15 para os meses de outubro desde 2009, quando chegou a 0,18%. Ainda segundo o mesmo site, o que mais contribuiu para que o IPCA-15 perdesse força foi o grupo de alimentação e bebidas, que teve deflação de 0,25%, acima da queda de 0,01% de setembro.

Democracia e cidadania: elo dos direitos humanos - Vivecananda Dutra de Souza Firme

Em geral, em época de eleições, muito se fala em democracia e exercício da cidadania.
 
Entretanto, a maioria do povo, a quem interessa e a quem são direcionado tais temas, desconhece o que é democracia e cidadania, porque não interessa a muitos candidatos que os eleitores tenham conhecimento de seus direitos, pois conhecendo terão capacidade para escolher melhor seus representantes, e cobrar dos mesmos o efetivo exercício de seus mandatos em prol do cidadão, ou seja, exercer a cidadania.
 
Em uma Nação Democrática, é garantido a todo cidadão a liberdade individual; igualdade perante a lei de cor, raça, sexo, credo; direito à educação; direito à propriedade; direito ao livre pensamento; direito de eleger seus representantes e ser eleito.
 
Em sendo uma Nação Democrática, tendo os cidadãos seus direitos fundamentais garantidos, têm eles capacidade de exercer sua cidadania, com sentimento de pertencimento a uma comunidade politicamente organizada, que consiste num conjunto de direitos e obrigações perante as leis.

Menos é mais - Roberta Montello Amaral

Outro dia tive a oportunidade de assistir a um workshop sobre empreendedorismo organizado pela coordenação dos cursos de Administração e Ciências Contábeis do UNIFESO. Conversando com algumas pessoas presentes, uma delas me fez a seguinte pergunta: em sua opinião, qual seria a solução, em termos de economia, para Teresópolis e para o Brasil? Em tempos de eleição e de final de mandato das diversas prefeituras, achei que valia a pena compartilhar com vocês a minha resposta.
 
Antes de indicar o caminho, vamos a um panorama do que vivemos na atualidade. No Município de Teresópolis temos inflação, medida pelo IPC-FESO — o Índice de Preços ao Consumidor de Teresópolis, indicador apurado com os alunos dos cursos de Administração e Ciências Contábeis do UNIFESO — entre setembro de 2015 e agosto de 2016 de 18,38%. No Brasil vivemos sob uma inflação oficial, medida pelo IPCA, de 8,98% para o mesmo período. Em nossa cidade, vimos algumas empresas encerrarem suas atividades e a prefeitura atrasar os pagamentos aos servidores em várias ocasiões. No Brasil a taxa de desemprego superou os dois dígitos, chegando a 11,3% no segundo trimestre, sem sinais de que haverá reversão deste quadro nos próximos meses. A TEREPREV, conforme divulgado pela imprensa, enfrenta sérias dificuldades financeiras enquanto, para o Brasil, discute-se uma reforma nas regras de previdência oficial do INSS. Traçado esse cenário tão inóspito, qual seria, então, a solução?

Palestra no curso de Direito

No dia 31 de outubro, às 19h, acontece a palestra “Dez medidas em xeque: uma análise crítica das propostas de combate à corrupção”, na Sala do Tribunal do Júri, no quinto andar do prédio Bortoluzzi de Souza. Voltada a estudantes, professores e profissionais de Direito, e demais interessados, a atividade vai contar com a participação do Dr. Marco Delano da Silva Costa, Defensor Público do Estado do Rio de Janeiro e do Dr. Rodrigo Baptista Pacheco, 2º Subdefensor Público Geral do Estado do Rio de Janeiro.

XVI PoÊterÊ: O AMOR E A POESIA

Regulamento do CONCURSO DE POESIA do XVI PoÊterÊ 2016

O Concurso de Poesia do PoÊterÊ é uma promoção da Fundação Educacional Serra dos Órgãos – FESO e do Centro Universitário Serra dos Órgãos - UNIFESO através do Centro Cultural FESO Pro Arte, que realiza em 2016 a décima-sexta edição do Festival PoÊterÊ.

Clique aqui e veja o regulamento, período de inscrições etc. 

I CONFESO - Programação

Dias 18, 19 e 20 de Outubro

Clique aqui e veja a programação completa!

Ou utilize o seu app de QR Code Reader

 

Educação, cidadania e eleições - Luiz Antônio Pereira

Os nossos futuros educadores se deparam logo no primeiro ano do curso com o estudo, o debate e a reflexão da relação educação e sociedade. A educação nunca é neutra ou apolítica, sempre é/está carregada de ideologia e interesses por trás. As concepções da educação redentora, reprodutora e transformadora são aprofundadas e com elas os estudantes são estimulados a analisarem o papel da educação na sociedade e refletirem qual educação e sociedade almejam. 

Para responder tal pergunta, é necessário termos clareza de qual sociedade e educação possuímos. Pois a formação dos professores, a infraestrutura, as condições de trabalho, o currículo, os objetivos, os conteúdos e as práticas pedagógicas estão intimamente relacionadas com o ideal de sociedade que se tem ou que se quer atingir.

É correto afirmarmos que a precária formação, condições de trabalho e a desvalorização da profissão são intencionais e visam a reprodução da sociedade com suas desigualdades, injustiças e perversidades. O “analfabetismo” não é apenas em relação a ler as palavras, mas na leitura do mundo e dos processos que reproduzem essa triste realidade. Um país rico, que arrecada muitos impostos, mas em que a maior parte da sociedade sofre com a burocracia da máquina pública, com a qualidade dos serviços públicos prestados e é constantemente manipulada e desrespeitada. Na prática somos cidadãos de papel. 

X Encontro de Administradores 2016

Após o grande sucesso do XIV Fórum Internacional de Administração 2015, o Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro promoveu, nos dias 5 e 6 de outubro, um novo grande momento para a Administração brasileira: o X Encontro de Administradores 2016 (Encad).
 
Com o tema central “Da máquina à rede: a nova realidade da Administração”, o X Encad deu aos participantes uma visão sistêmica do contexto mundial, pois não há como separar a parte do todo se quisermos entender a razão de ser e os mecanismos da engrenagem das organizações que nos afetam em múltiplas dimensões. Veja algumas fotos do evento e dos nossos estudantes:
 
 

Lançamento da Revista Formação e Prática Docente

A Revista Formação e Prática Docente é uma publicação acadêmica com periodicidade anual, cujo objetivo é a divulgação de pesquisas e de experiências teórico-práticas no âmbito dos Cursos de Licenciatura e do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) do Centro Universitário Serra dos Órgãos e de outras Instituições de Ensino Superior.
 
Consiste em periódico na área da educação aberto a contribuições de docentes, pesquisadores e discentes, selecionadas segundo critérios de qualidade e colaboração, por meio de avaliações e revisões dos consultores ad hoc, para o aprofundamento no campo da formação docente inicial e continuada. Para conferir nossos artigos, relatos de experiência e resenha, basta clicar aqui!
 

Páginas